A presidente da Comissão dos Direitos da Mulher e vice-presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, a deputada Alessandra Campêlo (MDB), propôs nesta sexta-feira, 8, a criação da campanha contra violência doméstica.

A ideia apresentada no plenário virtual é usar a força das redes sociais, para alertar a sociedade sobre a importância da denúncia pelo disque 180 ou 190.

Os impactos do distanciamento social na vida das mulheres vítimas de violência doméstica têm preocupado o legislativo do Amazonas, que v a necessidade de se intensificar campanhas de combate à violência doméstica, familiar e ao feminicídio no Estado.

Estratégia

“A intenção é utilizar todas as possibilidades da Comunicação da Assembleia para que a violência contra a mulher seja eliminada definitivamente e quem invadir essa possibilidade, pague o preço, conforme legislação em vigor”, acrescentou o diretor de Comunicação da Casa, jornalista Cláudio Barboza.

Denúncia rápida

Para facilitar o acesso e o entendimento do público sobre a página digital da Delegacia Interativa, a Asembleia enviou Indicativo ao Governo do Estado sugerindo mudanças na página. A sugestão propõe o destaque à violência doméstica, na primeira página do site, para facilitar o registro da ocorrência por partes da vítima.

A pandemia mundial pelo novo coronavírus forçou a reclusão das famílias em casa e isso pode significar para milhares de mulheres um verdadeiro pesadelo físico e mental. Leia a matéria completa em https://amazonasatual.com.br/assembleia-lanca-campanha-de-combate-a-violencia-domestica-contra-as-mulheres/.

Assembleia lança campanha de combate à violência doméstica contra as mulheres
Tagged on:                         

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *